A Espanha e seu novo homem-fraco

Não é só sobre a economia que pairam pesadas sombras na Espanha. Direitos civis e sociais estão sob uma ameaça atroz. Um senhorito galego, obediente às regras da tradição e à fome do dinheiro, chegou para mandar. A volta ao país confessional dos tempos de Franco é, mais que um risco eventual, uma ameaça real. A poderosa hierarquia da Igreja Católica está que é um sorriso só. O nacional-catolicismo do Partido Popular do novo primeiro-ministro encontrou seu espaço.

A verdade é a seguinte: o novo homem forte da Espanha, Mariano Rajoy, é fraco. E lento. Nunca diz o que está pensando, apenas insinua. Como todos os nascidos na Galícia, é suspicaz: desconfia até do ar que respira. Quando ouve uma pergunta, não responde: faz outra. E é tão, mas tão cauteloso, que leva um tempo enorme antes de tomar uma decisão. E nunca toma uma decisão de maneira determinante: sempre deixa aberta uma fresta para, se for o caso, voltar atrás com certa dignidade. E leva outro tempo enorme até decidir se é ou não o caso de voltar atrás.

Ler

Advertisements

About Giorgio Bertini

Director at Learning Change Project - Research on society, culture, art, neuroscience, cognition, critical thinking, intelligence, creativity, autopoiesis, self-organization, rhizomes, complexity, systems, networks, leadership, sustainability, thinkers, futures ++
This entry was posted in España and tagged . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s